segunda-feira, 2 de outubro de 2017

NOTA DE FALECIMENTO


O Clube da Fé tem a triste incumbência de comunicar o falecimento de um dos seus fundadores, membro do Conselho Superior do mesmo e Conselheiro Vitalício do São Paulo Futebol Clube, Aurisol Sabino de Souza, ocorrido hoje.

Aurisol é um dos mais importantes nomes que a História do clube do Morumbi registra.

São-paulino que sempre esteve pronto a ajudar o clube no que fosse necessário. Jamais se conformou com o amadorismo e a falta de transparência na administração do Tricolor.

Lutou por isso até o último suspiro. Foi um guerreiro que agora tem o merecido descanso.

Aurisol nos deixa importantes referências de convivência democrática, transparência, honestidade e coerência.

Vá em paz amigo. Agradecemos pelas inúmeras oportunidades de convivência e aprendizados.

Nos solidarizamos com a família e amigos neste momento difícil.

O velório ocorrerá amanhã (03/10), à partir das 7h e o enterro às 16h, no cemitério Gethsêmani que se localiza na Praça da Ressurreição, nº 1, Vila Sônia, Morumbi.

CLUBE DA FÉ
www.clubedafe.com

sábado, 9 de setembro de 2017

NOTA OFICIAL

 Ao São Paulo Futebol Clube.

Amado Clube Brasileiro, que és forte, grande, gigante.

Capaz de mover milhões de seguidores por todo planeta com história de lutas e glórias.

Sua trajetória desde a fundação foi, e continua sendo, uma aventura cheia de obstáculos.

Você é aquele clube em que a moeda caiu de pé, que desafiou o senso comum e se atreveu a levantar o maior estádio  particular do mundo.

Foi o primeiro, e continua sendo o único, time brasileiro três vezes campeão mundial.

Saiba que, mesmo em momentos difíceis como o que você vive hoje, jamais estarás sozinho. 

O apoio se apresenta ainda mais forte na certeza de que sairás vitorioso.

Apesar de sermos oposição à atual administração, como São-paulinos temos a certeza de que o momento é de união para retomarmos o caminho digno que a História lhe conferiu.

Não à toa, tu também és conhecido como Clube da Fé.

Servir sempre ao São Paulo e jamais se servir dele!

 
   CLUBE DA FÉ
   www.clubedafe.com

segunda-feira, 10 de abril de 2017

CANDIDATOS DO CLUBE DA FÉ AO CONSELHO FISCAL E AO CONSELHO ADMINISTRATIVO


O Clube da Fé, coerente com seus princípios democráticos onde a vontade da maioria prevalece e de sempre agir em defesa do Tricolor decidiu, através do voto de seus integrantes, apresentar dois nomes como representantes do grupo nas eleições que ocorrerão na próxima terça-feira (18/04/2017), no Egrégio Conselho Deliberativo do São Paulo Futebol Clube.

Para o Conselho Fiscal, o grupo escolheu o sócio RODRIGO SÉRVULO DA CUNHA VIEIRA RIOS – Matrícula nº 2256, São-paulino, advogado e cientista social.

O conselheiro vitalício, SIDNEY COSTA GONÇALVES – Matrícula nº 277, São-paulino e arquiteto, se apresentou como candidato ao Conselho Administrativo e também irá representar o grupo na eleição.

Servir sempre ao São Paulo, jamais se servir dele!

Clube da Fé

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

CLUBE DA FÉ APOIA JOSÉ EDUARDO MESQUITA PIMENTA


O Clube da Fé, um dos mais tradicionais grupos que atuam na política interna do São Paulo Futebol Clube, realizou assembléia onde seus membros, Sócios, Conselheiros e Conselheiros Vitalícios, deliberaram democraticamente sobre o posicionamento a ser adotado no processo eleitoral, que ocorrerá em abril de 2017, e decidirá o nome do presidente do clube durante os próximos três anos.

Coerentes com seus princípios democráticos, onde a vontade da maioria prevalece, e de sempre agir a favor do São Paulo, ficou decidido que os seus membros Conselheiros e Conselheiros Vitalícios votarão no candidato José Eduardo Mesquita Pimenta, por entender que, neste momento, essa é a candidatura que atende maior número de requisitos necessários para gerir um clube do porte e tradições do Tricolor.

O São Paulo Futebol Clube precisa de renovação, tanto de pessoas como de idéias, de forma a priorizar valores fundamentais, mas ultimamente esquecidos, como o profissionalismo, a ética e a transparência.

O Clube da Fé espera ainda que a nova administração seja composta por pessoas íntegras, que primem pelos princípios da liderança e abdiquem de interesses pessoais, de forma a romper definitivamente com os nefastos modelos adotados pelas gestões passadas.

A observância dos pontos acima é crucial para que haja diálogo com o Clube da Fé.

Desejamos sucesso ao nosso candidato na disputa eleitoral que se avizinha, na certeza que o enaltecimento do Tricolor seja o único propósito.

Servir sempre ao São Paulo, jamais se servir dele!


Clube da Fé

sábado, 10 de setembro de 2016

MARCO AURÉLIO CUNHA RETORNA AO FUTEBOL DO TRICOLOR

Neste sábado (10/09), Marco Aurélio Cunha retornou ao futebol São-paulino como diretor executivo.

O Clube da Fé, grupo ao qual Marco Aurélio é integrante, deseja sucesso ao companheiro na nova empreitada.

Assim como todo o grupo, MAC tem importante participação na história Tricolor e esse fato faz com que tenhamos a certeza de que não lhe falta vontade, competência, profissionalismo e seriedade em colaborar nesse momento importante e crítico em que se encontra o time do Morumbi.

Colocamo-nos à disposição para ajudar no que for necessário fazendo com que o São Paulo Futebol Clube retorne ao caminho das vitórias e dos títulos.

SERVIR SEMPRE AO SÃO PAULO E NUNCA SE SERVIR DELE!

Clube da Fé


                  FALE CONOSCO ATRAVÉS DA OUVIDORIA DO CLUBE DA FÉ. PARTICIPE!

terça-feira, 2 de agosto de 2016

CLUBE DA FÉ VOTA NÃO!



Prezados (as) Associados (as),


A diretoria do São Paulo Futebol Clube convocou, há algumas semanas, uma assembleia geral extraordinária para que todos (as) os (as) associados (as) participem no próximo sábado, dia 06 de agosto.


Diante deste fato, o Clube da Fé não poderia deixar de se manifestar a respeito e apresentar a sua posição no pleito.


Na pauta da votação consta a autorização ou não, mediante votação secreta, da realização de procedimento para reforma do Estatuto Social do São Paulo Futebol Clube e a ratificação, até a data de aprovação do novo Estatuto Social, de todas as alterações realizadas no Estatuto Social desde 10.01.2003, preservando os efeitos de todos os atos praticados em observância aos seus dispositivos.


Com relevantes apontamentos a serem decididos pelos (as) associados (as), alguns questionamentos e reflexões merecem ser apreciados.


- Nos chama atenção a urgência da convocação diante de pauta tão complexa que demanda profunda análise.


- No mesmo sentido, vincular dois temas na mesma votação. Eles deveriam ter votações separadas.


- Nunca houve no São Paulo Futebol Clube, à exceção dos atos de fundação (1930) e refundação (1935), a preocupação de convocação dos (as) associados (as) para participação direta nos destinos do Tricolor como, estranhamente ocorre, nesse momento. Fato que nos parece casuísmo dos que estão no poder, no sentido de que não configurou prática de nenhuma administração até hoje. Ademais, claro está que não será possível iniciar o processo de mudança em apenas alguns dias.


- Para que essa votação pudesse ter, efetivamente, legitimidade bem como preocupação com a participação dos (as) associados (as) promovendo a convivência democrática, jamais poderia ser realizada de supetão como ocorre.


- De 2003 até hoje, inúmeras alterações que prejudicaram o clube foram realizadas como, por exemplo, a alteração do tempo dos mandatos dos conselheiros e dos presidentes dos conselhos e diretorias de quatro para seis anos, bem como no caso do período do mandato do presidente da diretoria e aumento da possibilidade de reeleição de dois para três anos nos dois casos. Existe uma pendência judicial que acaba por abraçar todo esse cenário não podendo ser superada com um chamamento no molde ora realizado.


- Somos totalmente a favor da reforma estatutária, que precisa ser feita sem pressa e com a ampla participação dos (as) sócios (as).


Por fim, restam muitas dúvidas que, infelizmente, nada mais são do que o reflexo da falta de transparência e profissionalismo, problemas muito antigos na administração Tricolor.


Diante disso, o Clube da Fé optou por votar NÃO no próximo sábado ciente da responsabilidade de que é preciso iniciar o processo de radicalização da democracia no clube.



SERVIR SEMPRE AO SÃO PAULO E NUNCA SE SERVIR DELE!


Clube da Fé


www.clubedafe.com



terça-feira, 22 de dezembro de 2015

NOTA DE FALECIMENTO


O Clube da Fé informa com pesar, o falecimento do fisioterapeuta Ramon Piumonte ocorrido hoje. Ele trabalhava no departamento de fisioterapia do clube e seu atendimento sempre foi reconhecidamente muito bom por todos os associados que foram seus pacientes.

Nos solidarizamos com a família e amigos neste momento difícil.

O velório ocorrerá amanhã (24/12), a partir das  14:30, no cemitério Campo Grande que se localiza à Avenida Sabará, Santo Amaro, São Paulo (SP). O sepultamento ocorrerá amanhã (25/12) às 10:30 no mesmo local.
  
FALE CONOSCO ATRAVÉS DA OUVIDORIA DO CLUBE DA FÉ. PARTICIPE!

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

EXIGIMOS MUDANÇAS!



Prezados São-paulinos,

o Clube da Fé, tradicional grupo que atua na política interna do São Paulo Futebol Clube, lamenta a indigna derrota do time ocorrida no último domingo pelo campeonato brasileiro que apenas retrata o momento mais grave da história do Tricolor. 

O que vimos dentro das quatro linhas reflete a situação que existe, infelizmente há longa data, fora delas. A renovação, a transparência, a democracia e o profissionalismo foram engavetados há muito tempo no Morumbi.

É inconcebível que tenhamos na diretoria de futebol um senhor que depois de mais uma derrota inaceitável e de mais uma pífia temporada deixe Itaquera sorrindo e claramente sem a necessária preocupação com o amontoado de problemas ao seu redor. Desde denúncias de corrupção, até o momento não esclarecidas, passando por acusação de agressão física a ex-presidente, até jogadores que apenas teoricamente são considerados profissionais não fazendo valer a importância de vestir a camisa São-paulina. 

Não há outro caminho a este diretor que não seja o de se demitir do cargo que ocupa bem como outros pertencentes à atual diretoria que são acusados de participarem de contratos e transferência de valores, no mínimo, estranhas ao cotidiano do mercado. Até que se apure tais indícios todos devem se afastar para que os fatos sejam devidamente esclarecidos sem qualquer forma de constrangimento na busca pela verdade.
Não nos referimos apenas a uma derrota, algo absolutamente natural a qualquer esporte e, no caso, especificamente ao futebol mas, principalmente, ao conjunto de desmandos e malfeitos que perduram livremente no único clube de futebol Trimundial em nosso país. 

Desde a sua fundação, o São Paulo Futebol Clube se pautou pela árdua e transparente luta por conseguir se estabelecer no cenário esportivo brasileiro e mundial. Tal luta se comprovou vitoriosa como é notoriamente conhecida e não admitimos que a história do nosso clube seja vilipendiada por dirigentes que não possuem qualquer compromisso com a instituição. 
Nós, associados do clube, conselheiros e conselheiros vitalícios, membros do Clube da Fé entendemos que situações como estas devem ser imediatamente alteradas e esclarecidas sob pena de macular ainda mais a imagem do nosso clube.

Informamos a Você Amigo Associado e Torcedor que estamos monitorando a situação com rédea curta, ainda que na oposição, e capitaneando atos de controle que impliquem num futuro profissional, transparente, democrático e vencedor para o São Paulo Futebol Clube. 

 Servir sempre ao São Paulo, jamais se servir dele!

CLUBE DA FÉ
www.clubedafe.com

domingo, 25 de outubro de 2015

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS: COMUNICADO DO CLUBE DA FÉ AOS SÃO-PAULINOS


O Clube da Fé, um dos mais tradicionais agrupamentos que atuam na política interna do São Paulo Futebol Clube, realizou assembléia em que seus membros, Sócios, Conselheiros e Conselheiros Vitalícios, deliberaram democraticamente sobre o posicionamento a ser adotado no processo de eleição do novo Presidente da Diretoria.

Há tempos o Clube da Fé decidiu se afastar da gestão de Carlos Miguel Aidar face à absurda sucessão de denúncias e suspeitas de gestão fraudulenta. Na ocasião, vários elementos de nosso Grupo se desligaram, preferindo manter-se associados àquela situação. Nesse cenário, o Clube da Fé optou pela independência.

Coerentes com isso, e por ampla maioria, decidiu o Clube da Fé em Assembleia Geral Extraordinária recomendar a seus membros eleitores o VOTO EM BRANCO por entender que, neste momento,  nenhuma das candidaturas atende os requisitos necessários para gerir um clube do porte e tradições do Tricolor.

O São Paulo Futebol Clube precisa de renovação, tanto de pessoas como de idéias, de forma a priorizar valores fundamentais, mas ultimamente esquecidos, como o profissionalismo, a ética e a transparência.

Neste contexto, o Clube da Fé aguarda e confia que a nova administração apure rigorosamente as irregularidades cometidas na gestão passada, levando os fatos ao conselho Deliberativo para que sejam aplicadas as punições estatutárias e, ainda, ao Poder Judiciário, caso sejam constatados prejuízos financeiros ao São Paulo Futebol Clube ou indícios de crimes de qualquer natureza.

O Clube da Fé espera ainda que a nova administração seja composta por pessoas íntegras, que primem pelos princípios da liderança corporativa e abdiquem de interesses pessoais, de forma a romper definitivamente com os nefastos modelos adotados pelas gestões passadas.

A observância dos pontos acima é crucial para que haja diálogo com o Clube da Fé.

Seremos intransigentes com atos que possam ferir a ética, o decoro e a temperança que se espera dos dirigentes do São Paulo Futebol Clube.

Logicamente, pela situação delicada em que o clube foi deixado pelas últimas administrações, as dificuldades e os desafios serão enormes, sendo que o Clube da Fé embora adote posição equidistante no pleito que se aproxima, estará sempre pronto para apoiar e colaborar com a nova administração, desde que seja para o bem do São Paulo Futebol Clube e os princípios conclamados acima sejam rigorosamente observados.

O Clube da Fé deseja sucesso e vitórias à nova administração, na esperança que o enaltecimento do Tricolor seja o único propósito.

Viva o São Paulo Futebol Clube!



Clube da Fé

domingo, 27 de setembro de 2015

CLUBE DA FÉ, DE NOVO NOS TRILHOS

Como em qualquer organização de caráter político, nem sempre os interesses pessoais, institucionais e ideológicos convergem na mesma direção. Muitas vezes, a paixão pelo clube e pelo esporte nos conduz a visões diferentes sobre os destinos e o futuro da instituição.

Com o Clube da Fé não é diferente.

Nos últimos tempos tivemos uma atuação coerente segundo o princípio maior que nos norteia que é o de colaborar para que o São Paulo Futebol Clube se torne cada vez mais forte através do profissionalismo, democracia e transparência. Foi com esse propósito que passamos a apoiar a atual gestão da qual fomos oposição nas últimas eleições.

Como em todo agrupamento democrático, a decisão de apoiar se deu através do voto dos seus membros e a maioria entendeu que seria importante no momento pós-eleição o apoio ao que entendíamos que seria o início de uma mudança necessária para a instituição tendo como referência no discurso do presidente eleito a firmeza de que as pautas que tínhamos como oposição seriam efetivadas.

O tempo, mais uma vez mostrando ser o senhor da razão, nos provou que não foi feita a melhor opção. Reconhecemos que algumas mudanças pontuais e necessárias foram realizadas, mas estão muito longe das efetivas necessidades do Tricolor, sobretudo no que tange a transparência.

Depois de estar nas diretorias de relações institucionais e de relações internacionais e diante de claras divergências tanto com a atual gestão como internamente no Clube da Fé chegamos a uma situação que terminou por levar, recentemente, à saída de membros do grupo que desejavam contribuir com o São Paulo Futebol Clube através da participação direta nas citadas diretorias, ao passo que outros desejavam ajudar o Tricolor de outra forma. Lamentamos a cisão. Mas a vida segue. E desejamos aos amigos boa sorte e sucesso na árdua tarefa de recolocar nosso Tricolor no lugar que merece.

Acreditamos que o Clube da Fé pode oferecer apoio a esse esforço ao adotar uma posição eqüidistante, responsável e a favor do São Paulo Futebol Clube. Nem fazendo oposição cerrada, raivosa, cega e, portanto, insensata, nem aderindo a essa gestão e, conseqüentemente, obrigando o Grupo à lógica do apoio incondicional.
Cremos que o distanciamento é necessário para termos a liberdade de exercer a crítica com clareza e responsabilidade. E quando em caso de apoio, sem os vícios da subordinação.

O Clube da Fé segue adiante capitaneado por Sãopaulinos de escol como os conselheiros vitalícios Paulo Planet Buarque, Ives Gandra da Silva Martins, Enio Minhoto, Aurisol Sabino de Souza, Sidney Costa Gonçalves, Eduardo Monteiro, Marco Aurélio Cunha, José Roberto Ópice Blum e Ricardo Haddad, entre outros. E uma legião de militantes apaixonados e dedicados à construção de um São Paulo campeão.

Vamos em frente, com fé!

Viva o São Paulo Futebol Clube!

FALE CONOSCO ATRAVÉS DA OUVIDORIA DO CLUBE DA FÉ PELO E-MAIL (cdfspfc@gmail.com). PARTICIPE!